• Background Image

    Quero abrir uma franquia com o nome sujo. Consigo?

    16 de Maio de 2016

16 de Maio de 2016

Quero abrir uma franquia com o nome sujo. Consigo?

Está com problemas financeiros e tem medo de não conseguir abrir uma franquia com o nome sujo? Eis uma situação complicada que pode fazer parte do dia a dia de muitos brasileiros, mas que não há como antecipar o seu sofrimento sem saber se existe ou não a possibilidade de abrir sua própria empresa e obter a tão sonhada independência financeira. Para a pessoa que tem essa dúvida a melhor proposta é pesquisar suas opções.

Veja no texto abaixo uma resposta completa sobre a existência (ou não) da possibilidade da pessoa abrir uma franquia com o nome sujo. Saiba o que fazer em casos de suspensão do seu documento CPF que podem lhe prejudicar no momento de abrir a sua franquia e viver de seus negócios.

A resposta para a pergunta é sim. Ou seja, você e qualquer outra pessoa que tiverem problemas financeiros podem conseguir abrir uma franquia com o nome sujo. De acordo com os especialistas em empresas ocorre a possibilidade de abrir a empresa mesmo tendo nome sujo porque existe uma diferença muito grande entre ambos os cadastros nacionais para as pessoas físicas e jurídicas, aonde eles não possuem sequer uma relação.

Para que entenda ainda mais o conceito sobre abrir uma franquia com o nome sujo é necessário pensar de forma separada no CPF – que seria um Cadastro de Pessoa Física – e no CNPJ – que seria o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. Enquanto um representa você como cidadão brasileiro, o outro representa a sua empresa como um negócio nacional. Ou seja, a abertura de empresas não deve considerar a situação que está seu CPF.

Ao contrário do que as pessoas pensam quando os empresários abrem o seu negócio não ocorre a ligação do seu CPF com o CNPJ, pois ambos são diferentes. O único problema nessa questão de abrir uma franquia com o nome sujo é se o seu “nome sujo” gerou alguma pendência na Receita Federal que faça o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) ser suspenso, ou no caso, considerado irregular. Proibindo qualquer ato usando seu CPF.

Para as pessoas que estão enfrentando problemas para abrir a empresa devido problemas com o seu CPF é fundamental desconsiderar o fato de ter nome sujo como um agravante. Mesmo que o CPF tenha problemas relacionados aos débitos financeiros, restrições comercias, protestos ou no caso cheques devolvidos e qualquer outro tipo de dívida que registre o seu documento nos órgãos de proteção ao crédito, não há problemas.

Caso a pessoa enfrente problemas para abrir uma franquia com o nome sujo ela deve desconsiderar os motivos citados acima e tentar ir até uma agência dos Correios, Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil para a identificação do problema que geralmente pode ser por conta de alguma falta na Receita Federal. Problemas na Receita Federal são os únicos que podem influenciar na abertura ou não de sua nova franquia no mercado.

Sendo assim procure essas agências para que tenha um protocolo com o número de serviço determinado pelo atendente para ir até uma Receita Federal mais próxima para que possa solucionar o problema. Ocorre que os problemas que envolvem a suspensão do CPF pela Receita Federal de fato podem estar relacionados a declarações de impostos com erros, ou divergências de informações declaradas, como um erro no documento.

Ou seja, as pessoas que desejam abrir uma franquia com o nome sujo devem levar em consideração apenas os problemas que tiver a partir da Receita Federal. Caso contrário, pode abrir a própria franquia de forma normal. Caso obtenha dúvidas entre em contato com a Receita Federal.